Instituto Packter   

www.filosofia.com.br

www.filosofiaadistancia.com.br

 www.filosofiaclinica.com.br


Arquivo com os Exercícios de Filosofia Clínica contendo as respostas comentadas:

 

Maurice Merleau-Ponty e Filosofia Clínica

 

Assinale as alternativas corretas no que concerne às relações entre o pensamento de Merleau-Ponty e a Filosofia Clínica.  

A (   ) Na Fenomenologia da Percepção Merleau-Ponty coloca a questão da percepção na relação entre a consciência e  o mundo. Em Filosofia Clínica isso pode ser diferente, como presenciamos em determinadas manifestações no Tópico de Singularidade Existencial.

B (   ) O conceito de corpo é central, o cerne da reflexão em Merleau-Ponty na acepção do que se percebe no mundo, desde a incompletude, a ambiguidade. Esta primazia do corpo na relação da consciência com a natureza não ocorre necessariamente na Filosofia Clínica.

C (   ) Destoando de outros filósofos, como de Sartre, Merleau-Ponty considera a liberdade em outra direção: é limitada e condicionada. Com isso afasta a possibilidade da explicação racionalista. A priori está posição de Merleau-Ponty não encontra respaldo no corpo teórico da Filosofia Clínica.

D (   ) Para Merleau-Ponty, no que concerne à intersubjetividade, a experiência humana é incompleta, aberta. Basta que consideremos as relações entre as pessoas. De fato, a Filosofia Clínica, em seu exercício de consultório, confirma esta abertura e incompletude nas relações entre os homens.

E (   ) Epistemologicamente, a Filosofia Clínica se aproxima mais do saber intencional de Husserl do que do conhecimento cuja percepção é basicamente corporal, de Merleau-Ponty.

F (   ) As modificações de opinião política de Merleau-Ponty ao longo da vida podem mostrar os limites de sua fenomenologia no entendimento de questões que talvez tivessem melhor discernimento no âmbito de áreas como o estruturalismo.

 

 

 

 

 

Respostas – Estão corretos os itens A, B, C, F.

Item A. Manifestações insólitas, inéditas, que ocorrem nas singularidades existenciais, tópico avançado na estruturação do pensamento, colocam em xeque às vezes a leitura de que nossa percepção possa estar na resultante de uma consciência e um mundo.

Item B. De fato, o corpo, a corporeidade, várias derivações somáticas, às vezes se diluem e desaparecem nos assuntos últimos. Isso pode ocorrer, por exemplo, em questões existenciais que têm no tópico estrutural X, Raciocínio, uma demanda lógica matemática. O conceito de corpo é muitas vezes periférico quando nos referimos à percepção em Filosofia Clínica.

Item C. Na clínica filosófica é inconsistente a afirmação a priori que tenha como escopo a finitude e os condicionamentos da liberdade. As Armadilhas Conceituais, tópico estrutural, evidenciam o quanto pode ser precipitado colocarmos a liberdade sob o crivo de amplidões irrestritas ou caixas com lacre.

Item D. A resposta é um complemento ao item anterior. O estudo das historicidades, das estruturações, dos exames categoriais, e das reações submodais caracterizam inúmeras manifestações como o fechamento existencial em tópicos determinantes. Um exemplo ocorre em uma pessoa que tenha promovido em seu tópico estrutural Axiologia uma estagnação, uma tautologia, em seus valores e que isso seja determinante em sua estruturação nas interseções de Eps. Caracteristicamente, isso pode ser também uma completude, e um fechamento. Este fenômeno pode se estender indefinidamente. A incompletude, a abertura na intersubjetividade, conforme o entendimento de Maurice Merleau-Ponty podem perfeitamente ocorrer, mas não necessariamente ocorrer em Filosofia Clínica.

Item E. Epistemologicamente a Filosofia Clínica não assume as posições do conhecimento intencional em Husserl e a corporeidade como primazia em Merleau-Ponty. A análise minuciosa de uma pessoa costuma afirmar outros muitos endereçamentos epistemológicos, cognitivos.

Item F. Talvez, sim. Desde  Humanisme et terreur muito aconteceu na vida e no pensamento de Maurice Merleau-Ponty. Possivelmente foi terrível para ele o que houve na Coréia, o desentendimento com Sartre. Les Aventures de la dialectique cerca de dez anos depois daquela obra mostram que muito mudou para ele. São ensaios bem menos incisivos e flexíveis em suas conclusões.

 

 

voltar ao acervo de exercícios com respostas comentadas

www.filosofia.com.br (Só Filosofia - um portal completo sobre Filosofia)

www.filosofiaadistancia.com.br (para cursar Filosofia acadêmica a distância)

www.filosofiaclinicaonline.com.br  (para cursar Filosofia Clínica a distância)

www.filosofiaclinica.com.br (tudo sobre Filosofia Clínica)

www.hojemelhor.com.br (uma contribuição filosófica para o nosso tempo)